08 janeiro 2007

APOCALYPTO by Mel Gibson (2006)








Pela primeira vez desde que criei este espaço de partilha, vi um filme em cinema com entrada directa para o "muvizzz"!!! Ou seja, desde Junho de 2006 que não via um filme numa Sala de Cinema que merecesse uma análise cuidada da miha parte.

APOCALYPTO merece muito mais do que isso, merece acima de tudo o respeito de quem viu o filme. Quem pensa Cinema poderá facilmente constatar que se trata de uma grande OBRA CINEMATOGRÁFICA. Este será o primeiro de muitos outros adjectivos que, de certeza utilizarei, e este é, também o aspecto menos permeável do filme de Mel Gibson. E porquê??? Porque todos os críticos que ganham a vida a falar de Cinema têm um prazer especial em criar uma onda de destruição perante obras grandiosas, fortes, brutas, cheias de adrenalina, como é o caso deste filme. Pelo menos no aspecto Cinematográfico acho que não conseguem tocar.



Fui ver o filme sem grandes expectativas, tinha visto o "trailler", conhecia o trabalho de Mel Gibson apenas pela crítica (não vi ainda nenhum dos anteriores filmes de Gibson, mas já tratei de encomendar o "Braveheart"), talvez por isso APOCALYPTO tenha resultado como resultou comigo. Fiquei extasiado com o filme, adorei a Realização de Mel Gibson, adorei todo o trabalho de Montagem do filme, adorei todo o trabalho de Caracterização, adorei os cenários criteriosamente escolhidos, adorei o dialecto (Yucatec) e todo o trabalho que envolve os personagens... perante isto tudo, que mais exigir??? talvez um argumento grandioso, daqueles que valem Estatuetas!!! Mas não, APOCALYPTO não vale pelo seu argumento, vale por tudo o resto mas sem um argumento consistente. Mas sabem qual é a minha opinião em relação a este factor? ... QUE SE LIXE O ARGUMENTO!!!

Em APOCALYPTO, Mel Gibson conta-nos a história de Pata de Jaguar, um homem/caçador/marido/pai/filho/GUEREIRO que após ter sido feito prisioneiro e a caminho da morte, procura a todo o custo fugir ao destino que o espera. Para isso usa toda a força que o Pai lhe transmitiu e também a força da Família que o espera e desespera pela sua chegada!!!

Isto em plena civilização MAYA, segundo a perspectiva do Realizador, o final da civilização MAYA, imediatamente antes da chegada dos Espanhóis áquela zona.

O meu conhecimento ao nível dos Épicos não é muito vasto, mas creio que estaremos perante mais um clássico do Cinema moderno, um sério candidato às Estatuetas Americanas. Em jeito de despedida, deixo apenas um conselho, aliás dois: este filme tem muito "gore", por isso os mais frágeis não devem gastar dinheiro num bilhete para verem um filme em que metade do tempo não o estarão literalmente, a ver. O outro conselho que deixo é que visitem o site oficial do filme , pois aí encontrarão alguma informação que vos pode ser bastante útil, antes (ou depois) de verem o filme.


A minha opinião vale esclarecedores: 9.8/10

Aqui fica o Trailer... útil para quem ainda não viu e quem já viu ;) :


5 comentários:

rosa disse...

tou mortinha pra ir ver, esse e o do brad pitt.
convence lá o teu parceiro de squash a ir ao movizzz.

rita disse...

eh tens razão. este filme está uma coisa.... sem explicação. a cena da do MEDO tá de mais!

rosa disse...

http://www.asia.cinedie.com/3-iron.htm

vi ontem. mt giro.

trini!!! disse...

Esse ainda não vi, no entanto conheço o trabalho do Kim Ki-duk... por exemplo: "Primavera, Verão, Outono, Inverno e Primavera"; "Shi Gan"; " Samaria"... estes três tenho cá em casa... hehhehe mas realmente não sei porque ainda não adquiri o "3- Iron"... são tantos e tantos filmes que alguns, passam-me... mas já tinha ouvido falar, portanto cunha** é só pa não ficares a pensar que foste tu que me apresentaste esse filme... (lolol) ;)

tf10 disse...

Hey trini!
Estava a ver que num blog de um grande apreciador de cinema asiático so se falava de non-asian :)
Ve lá se fazes mais asian reviews!
ahhh.....e Kid Duk é mestre!

abraço!